5 coisas essenciais que temos hoje graças às mulheres

16

Com os avanços da tecnologia, a cada dia surgem novos dispositivos que facilitam nossa vida, mas dificilmente paramos para pensar em como estes utensílios tão úteis surgiram.Por isso, é provável que você não saiba que muitos objetos indispensáveis atualmente, como a seringa e o limpador de para-brisa do carro, foram criados por mulheres.

Conheça a seguir 7 mulheres inventoras que revolucionaram o mundo com suas criações.

Limpador de para-brisa – Mary Anderson

limpador de para brisa 0317 400x800

Mary Anderson criou o primeiro limpador de para-brisa do mundo no ano de 1903. O utensílio, que hoje é obrigatório em todos os veículos, foi criado por Mary após ela perceber que os condutores dos bondes de Nova York (EUA) tinham que interromper a viagem várias vezes para retirar o excesso de neve que ficava retido no para-brisa.

Consegue imaginar o quão difícil e perigoso seria dirigir em um dia de forte chuva se os limpadores de para-brisas não existissem?

Bote salva-vidas – Maria Beasley

bote salva vidas 0317 400x800

Em 1882, a norte-americana Maria Beasley inventou o bote salva-vidas, que desde então já salvou incontáveis pessoas de tragédias marítimas.

Compilador – Grace Hooper

programacao inventora pioneira 0317 400x800

Quem inventou o computador foi um homem, mas foi Grace Hooper, da Marinha dos EUA, quem possibilitou que ele funcionasse da forma como conhecemos hoje.

Falando assim, não parece ser algo muito importante, mas o compilador para linguagem de programação criado por Grace é a ferramenta de computador que traduz o código-fonte em uma linguagem facilmente entendida por um ser humano.

Ou seja, de nada adiantaria o computador se não fosse a invenção de Grace.

Escada de incêndio – Anna Connelly

escada de incendio 0317 400x800

A inventora estadunidense Anna Connelly com certeza também já salvou muitas vidas com sua invenção. Em 1887, Anna criou a escada de incêndio, que é usada sempre que a saída principal é obstruída por algum motivo.

Anna ainda se tornou uma das primeiras mulheres a conseguir registrar uma patente. Até as últimas décadas do século XIX, este era um direito exclusivo dos homens.

Fraldas descartáveis – Marion Donovan

fralda descartavel invencao 0317 400x800

Antes das fraldas descartáveis serem criadas, os bebês usavam fraldas de pano, que eram difíceis de ser colocadas, deixavam o xixi vazar e tinham que ser lavadas logo depois de cada troca.

Até que Marion Donovan teve a ideia de costurar uma cortina de chuveiro auma fralda para evitar que a roupa do bebê e o berço molhassem quando a criança fizesse xixi.

Além disso, a norte-americana também teve a brilhante ideia de substituir os perigosos alfinetes por lacres de plástico, evitando que os bebês se furassem. A criação foi patenteada e Marion se tornou a criadora da primeira fralda descartável à prova de líquidos.

Precursor do wireless – Hedy Lamarr

inventora precursor wireless 0317 400x800

Você sabia que a conexão sem fio foi criada graças a uma tecnologia desenvolvida durante a Segunda Guerra Mundial?

Hedy Lamarr, uma austríaca naturalizada norte-americana que foi atriz de Hollywood e ficou famosa pelo filme “Ecstasy”, foi quem criou a tecnologia que permitia controlar torpedos à distância e alternar rapidamente os canais de frequência de rádio para que os inimigos não fossem capazes de interceptá-los.

Anos depois, este conceito de transmissão permitiu o desenvolvimento de tecnologias como o Wi-Fi e o Bluetooth.

Seringa – Letitia Mumford Geer

seringa invencao mulher 0317 400x800

A criadora da seringa também foi uma mulher. A patente da primeira seringa para aplicação de substâncias por meio de um êmbolo foi registrada em 2 de abril de 1899 por Letitia Mumford Geer.

A invenção possibilitou que os médicos passassem a aplicar injeções apenas com uma mão e inspirou o surgimento das seringas modernas que são usadas atualmente.

Deixe seu comentário

comentários